Comprimidos

Leia a bula.

Ao persistirem os sintomas, procure um médico que saiba responder algo além de "deve ser amor".
Que coisa doentia.

segunda-feira, outubro 25, 2010

Política interna, intima, infima e inutil.

Sou uma pessoa justa, que gosta de igualdade. E estou pensando seriamente em dilacerar meu corpo pra que ele se assemelhe ao meu coração. . ... .. .. .. .... .. . .. ... .. . .. . . . .. .

3 comentários:

Guilherme Rodriguez disse...

Ja me peguei pensando nessa possibilidade diversas vezes.

Anônimo disse...

Ai, para!

Poucas palavras que acertam em cheio um organismo inteiro. Deus!

Natalie Magarian disse...

Esta política é tudo, menos inútil.

Pô.
Há beleza na dor, mundo!