Comprimidos

Leia a bula.

Ao persistirem os sintomas, procure um médico que saiba responder algo além de "deve ser amor".
Que coisa doentia.

segunda-feira, outubro 25, 2010

Política interna, intima, infima e inutil.

Sou uma pessoa justa, que gosta de igualdade. E estou pensando seriamente em dilacerar meu corpo pra que ele se assemelhe ao meu coração. . ... .. .. .. .... .. . .. ... .. . .. . . . .. .

3 comentários:

Guilherme Rodriguez disse...

Ja me peguei pensando nessa possibilidade diversas vezes.

Mariana Stutz disse...

Ai, para!

Poucas palavras que acertam em cheio um organismo inteiro. Deus!

Natalie Magarian disse...

Esta política é tudo, menos inútil.

Pô.
Há beleza na dor, mundo!